Santos recebe pela primeira vez o “La Plata Maru”, estrela da navegação mercante japonesa

Navio foi destruído na Segunda Grande Guerra Mundial, com registro fotográfico raro.

No início do século 20, o Porto de Santos principiou a testemunhar uma grande atividade da navegação mercantil japonesa, em especial a partir da chegada do vapor “Kasato Maru” que, em 1908, foi o responsável por trazer ao Brasil a primeira leva de imigrantes nipônicos vinculados ao acordo estabelecido entre as duas nações.

Neste cartão aparece a rota que alguns navios percorriam até o Brasil. Neste caso fora escolhido o caminho via África, estão escritos as escalas a que serão feitas durante a viagem, China, Singapura, Gabão e Cidade do Cabo. O destino final fica na distante América do Sul, no porto de Santos.

Neste cartão aparece a rota que alguns navios percorriam até o Brasil. Neste caso fora escolhido o caminho via África, estão escritos as escalas a que serão feitas durante a viagem, China, Singapura, Gabão e Cidade do Cabo. O destino final fica na distante América do Sul, no porto de Santos.

Nos anos seguintes, dezenas de vapores singravam os três oceanos conhecidos (Pacífico, Índico e Atlântico) para trazer milhares de esperançosos japoneses a um futuro mais promissor do que poderiam ter na terra do sol nascente. A navegação nipônica, principalmente por meio da empresa Osaka Mercantile Steamship Co. (OMSC) Japan, se aprimorava, a cada ano, na construção de grandes navios mercantis, caso do “La Plata Maru”, produzido nos estaleiros da Mitsubish, na cidade de Nagasaki.

A viagem inaugural do “La Plata Maru” foi justamente para a cidade de Santos, em julho de 1926. Ele trazia mercadorias e passageiros, muitos deles com destino final no Brasil. E aqui chegando, teve notícia festejada pela imprensa local, que foi convidada a conhecer as instalações daquela que estava sendo considerada a maior estrela nipônica dos sete mares.

A chegada ao Porto de Santos

O La Plata Maru entrou no Porto de Santos no dia 26 de julho de 1926, no comando de Sakeo Schikawa. Assim que lançou as amarras no cais do armazém 3, o navio foi recepcionado pelo cônsul do Japão em Santos, Sakai Mine, e pelo agente da empresa, Antunes dos Santos e Fernando Caldeira. Foram eles quem tiveram a ideia de convidar as autoridades santistas e a imprensa local para conhecer o orgulho da OMSC.

Às 14h30, os convidados subiram à bordo e puderam constatar com os próprios olhos a maravilha de navio construído nos estaleiros de Nagazaki. A visita percorreu todos os compartimentos da embarcação, causando excelente impressão em todos. Ao final do tour, o cônsul japonês ofereceu um coquetel, saudando a imprensa e falando do grande esforço do governo nipônico para intensificar o intercâmbio entre os dois países.

Em nome das autoridades, o sr. Cleóbulo Amazonas Duarte, proferiu vibrante discurso, seguido de outras figuras presentes. Os santistas estavam felizes por receberem tão importante navio em seu porto.

visitalaplata1 visitalaplata2 visitalaplata3

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O futuro do La Plata Maru

O navio da OMSC atou por muitos anos na linha da América do Sul, trazendo centenas de imigrantes japoneses para o Brasil. O Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil possui diversos registros destas atividades, que podem ser vistas nas fotos abaixo. Na eclosão da Segunda Grande Guerra Mundial, o La Plata Maru, a exemplo de outros grandes navios mercantis nipônicos, foi adaptado para servir à Marinha de Guerra Imperial do Japão. Em 12 de janeiro de 1945, a embarcação, que teve seu nome mudado para Kanju Maru, foi destruída pela aviação de guerra dos Estados Unidos nas proximidades de Saigon.

Uma bela cena da viagem ao Brasil, um grupo de imigrantes vestidos com coroas, máscaras e kimonos para o Sekido Matsuri no vapor La Plata Maru. Pode-se observar as máscaras, provavelmente estes são aqueles que estão no papel de oni.

Uma bela cena da viagem ao Brasil, um grupo de imigrantes vestidos com coroas, máscaras e kimonos para o Sekido Matsuri no vapor La Plata Maru. Pode-se observar as máscaras, provavelmente estes são aqueles que estão no papel de oni. Fonte: Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil (MHIJB-SP)

Crianças japonesas no La Plata Maru, com destino ao Brasil.

Crianças japonesas no La Plata Maru, com destino ao Brasil. Fonte: Museu da Imigração Japonesa

Crianças japonesas no La Plata Maru, com destino ao Brasil.

Crianças japonesas no La Plata Maru, com destino ao Brasil. Fonte: Museu da Imigração Japonesa

La Plata Maru em Santos.

La Plata Maru

Cartão Postal mostrando o La Plata Maru.

Cartão Postal mostrando o La Plata Maru.

O La Plata Maru (Kanju Maru), sendo destruído pelos aviões norte americanos em Saigon.

O La Plata Maru (Kanju Maru), sendo destruído pelos aviões norte americanos em Saigon.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>