Santos é eleita a cidade mais esportiva do Brasil

Santos sempre esteve entre as cidades brasileiras de maior nível de qualidade desportiva, quer fosse em esportes aquáticos e náuticos, como em modalidades do atletismo ou coletivos de quadras e campos, como o futebol. Tal posição e disposição conferiu à Santos, em 1956, o título de “Cidade Mais Esportiva do País”, através de um concurso nacional realizado pelo jornal O Globo, do Rio de Janeiro. Competiram os 2.373 municípios até então existentes no Brasil (hoje são 5.564). O mérito da conquista partiu do jornalista Adriano Neiva da Motta e Silva – o De Vaney, responsável pela inscrição da cidade e pelas informações que a levaram a ganhar o título.

Santos venceu com larga vantagem sobre o segundo colocado: a cidade de Mangaratiba, no Rio de Janeiro, na época um importante centro esportivo nacional.

A entrega do diploma e da placa de bronze à Prefeitura de Santos ocorreu no dia 10 de março de 1956.

De Vaney
Adriano Neiva da Motta e Silva, ou De Vaney, era ribeirão pretano de nascimento, mas santista de coração.  Desde os 11 anos de idade mostrou-se um talento para as letras. Como cronista esportivo, cobriu o Campeonato Mundial na Itália, de 1934, pelo jornal Correio da Manhã, do Rio de Janeiro. Em 1938, pelo Diário de Notícias, foi ao Campeonato Mundial realizado na França. Em 1939, convidado por Rubens de Ulhoa Cintra, dos Diários Associados, ingressou em O Diário de Santos, permanecendo até 1941, quando foi transferido para o jornal A Tribuna, onde fez sua carreira ao longo de 23 anos e 8 meses.

Autoridades santistas presentes quando da inauguração da placa no pedestal do Atleta Náutico, na Ponta da Praia, em 10 de março de 1936.

Autoridades santistas presentes quando da inauguração da placa no pedestal do Atleta Náutico, na Ponta da Praia, em 10 de março de 1936.

 

Deixe uma resposta