Primeira escola municipal de Santos completou 105 anos

Dia 1º de agosto, Santos comemorou o centenário de sua primeira escola pública municipal, a Auxiliadora da Instrução. No entanto, a história desta instituição é ainda mais antiga. Nascida como Sociedade Filantrópica Auxiliadora, fundada em 30 de agosto de 1878, tinha por objetivo instruir gratuitamente a população. Em 1885, a instituição funcionava na rua Sete de Setembro, 2, esquina com a rua Braz Cubas, e era a única da cidade a lecionar para alunos escravos.

A municipalização aconteceu em 1º de agosto de 1914, quando o grupo foi incorporado, reunindo as antigas classes da Sociedade Auxiliadora com outras novas, formadas por crianças da população que não podia matricular seus filhos em escolas pagas. Foram criadas, a partir de então, oito classes diurnas, divididas em dois períodos. Neste ano passou a se chamar Grupo Escolar Municipal Auxiliadora da Instrução.

O colégio chegou a ser dirigido por pessoas importantes como Silvério Fontes e Luiz de Faria. Em 1950, a escola mudou-se para a antiga Praça do Mercado – área das casas populares da Bacia do Macuco -, atual Praça Rubens Ferreira Martins, 8, onde funciona até hoje.

Na década de 1970, o grupo escolar se transformou em Escola Municipal de Primeiro Grau, oferecendo ensino de 1ª a 8ª série. Em 1994, mantinha 970 alunos, divididos em 30 classes funcionando em três períodos.

Em 2006, através do decreto municipal, passou a chamar-se UME Auxiliadora da Instrução, com atendimento a alunos do 1° ao 5° ano. Em 2010, a escola passou por ampla reforma e estruturação, com inclusão digital, sendo entregue para os alunos em agosto de 2011.

A Auxiliadora da Instrução foi a primeira escola municipal de Santos, fundada em 30 de agosto de 1878

A Auxiliadora da Instrução foi a primeira escola municipal de Santos, fundada em 30 de agosto de 1878 e municipalizada em 1º de agosto de 1914

 

Deixe uma resposta